Motorista Comprometido

Motorista Comprometido
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

Notícias

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Campanha orienta motoristas sobre cuidados nos cruzamentos de linhas férreas

Em 2010, a média de acidentes nas ferrovias foi de 16,1 a cada um milhão de quilômetros percorridos, aponta Pesquisa CNT de Ferrovias.

Milhares de brasileiros se preparam para viajar neste fim de ano. Aos motoristas que utilizam as estradas do país, a dica é não se preocupar apenas com a manutenção dos veículos e o cuidado na direção. Para ter mais segurança, eles também devem ficar atentos aos cruzamentos de linhas férreas.

Em casos de emergência, um trem de carga pode precisar de até um quilômetro para conseguir parar completamente. Por esse motivo, a Ferrovia Centro-Atlântica deu início a uma campanha que pretende orientar condutores de todos os tipos de veículos e pedestres para um comportamento seguro em relação às linhas de trem.

Até o réveillon, funcionários da empresa irão alertar motoristas do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Bahia e o Distrito Federal (locais por onde passa a malha da ferrovia) distribuindo materiais de esclarecimento.

Os panfletos indicam a necessidade de respeitar a sinalização; parar, olhar e escutar antes de atravessar; não passar entre vagões e, ainda, lembrar que o preferencial é sempre do trem. A Ferrovia Centro-Atlântica conta com 500 locomotivas e mais de 12 mil vagões, que cruzam 316 municípios do país.

De acordo com a Pesquisa CNT de Ferrovias 2011, o número de acidentes nas ferrovias caiu 78,7% de 1997 a 2010, mas os casos ainda preocupam o setor. No ano passado, o índice médio de acidentes a cada um milhão de quilômetros percorridos foi de 16,1, enquanto o índice internacional aceito é entre oito e 13 acidentes.
Publicado em 22/12/2011 por Aerton Guimarães - Agência CNT de Notícias.

domingo, 25 de dezembro de 2011

Volvo lança tecnologia que acorda condutores de caminhão

A tecnologia em prol da segurança vem crescendo em todos os segmentos automotivos. E os caminhões não são exceção. A empresa sueca Volvo resolveu desenvolver um novo mecanismo de alerta para os caminhoneiros.
A novidade é chamada de DAS (Detector de Atenção, em português) que é baseada em sensores que detectam quando um condutor está saindo do seu curso normal. Além disso, ele envia sinais visuais e sonoros se o motorista mostrar sintomas de cansaço como condução irregular.
Trata-se de um dispositivo invisível, que não atrapalha o motorista enquanto ele está dirigindo. Ele só avisa quando realmente tiver algum perigo na estrada que o motorista precise saber.
O objetivo dessa nova tecnologia é evitar acidentes nas estradas provocados, principalmente, pelo cansaço e desgaste físico dos motoristas. Segundo pesquisas recentes, sentir sono no volante é tão perigoso quanto dirigir alcoolizado.
Além desse fator, existe o agravante de que esses acidentes são muito mais graves do que as colisões causadas por imprudências, já que o motorista está dormindo e tem o tempo de reação retardado pelo fator sono.
A idéia de criar um dispositivo específico para evitar que os condutores de caminhão durmam é excelente. Pelas estradas serem monótonas e sempre com o mesmo cenário, muitas vezes os motoristas entram em estado de sonolência e ter um aparelho que avise quando algo de estranho estiver acontecendo, pode salvar a vida de muitas pessoas.
Falta saber se a Volvo cobrará muito caro por essa inovação ou se será um acessório vindo de fábrica. Mas dependendo do valor, é válido investir, pois é um aparelho que pode salvar sua vida.

Publicado em 20/12/2011 no http://carros.viaki.com/

Segmento de caminhões e ônibus sofre com falta de motoristas

Apesar do Brasil ter passado relativamente bem pela crise internacional que assolou o mundo nesse ano de 2011, mas alguns problemas atingiram nosso país. Há quatro anos não tínhamos um mês de novembro tão ruim no mercado de trabalho.
Vários segmentos do país como indústria, construção civil e agricultura desaceleraram, mas um setor em especial vive dias diferentes. As empresas de transporte de cargas e passageiros têm reclamado que não temos mais mão-de-obra, ou seja, faltam motoristas.
Algumas empresas transportadoras encontraram um meio curioso para sanar esse problema: promover funcionários a motoristas. Oferecem treinamentos para que possam tirar habilitação necessária e que possam dirigir carretas.
E não são somente as empresas transportadoras que enfrentam problemas com a falta de motoristas. As empresas de ônibus também têm enfrentando falta de pessoas qualificadas para isso.
Os ônibus de uma maneira geral ganharam novas tecnologias e tais tecnologias precisam ser dominadas pelos novos motoristas. A dificuldade só aumenta, já que agora é preciso ficar de olho na estrada e em um painel com mais ou menos 40 botões e cada um com funções específicas como: controlar o som, aparelho de TV, ar-condicionado ou as portas.
Segundo estimativas feitas pela Confederação Nacional do Transporte, faltam no mercado 40 mil motoristas profissionais de caminhão e ônibus em todo o país. Para se ter noção da gravidade da situação, a instituição oferecer cursos gratuitos para que as pessoas possam se qualificar para trabalhar na área.
Esse tipo de dado é importante por alguns motivos. O principal deles, a meu ver, é que a profissão não é bem remunerada e nem bem respeitada. Um motorista de caminhão ganha pelo sindicato só R$ 1.129 reais, o que é muito pouco.
O mesmo acontece com os motoristas de ônibus. O que se espera com essa falta de profissionais no mercado é que os salários aumentem e a profissão seja mais valorizada, afinal de contas, não é para qualquer um fazer o transporte de cargas que valem muito dinheiro ou de cuidar de diversas vidas nas péssimas estradas brasileiras.
Valorizando esses profissionais, teremos menos acidentes, pessoas com melhores condições de vida e mais pessoas interessadas em trabalhar com isso. Enquanto esse cenário não melhorar vão continuar faltando profissionais qualificados para dirigir ônibus e caminhões.

Pbublicado em 23/12/2011 no http://carros.viaki.com/

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Palestra VIP para Motoristas (Ônibus, Caminhões e Vans)

  • Construindo o "Comprometimento Profissional" para os novos tempos;
  • Palestras Motivacionais - Hands On; 
  • Palestra VIP para motoristas de ônibus, caminhões e vans.
                             "O Motorista é o Lider da Operação!"

  Para consultas e agendamentos das palestras in company, entrar em contato pelo    e-mail: treinamentos@highpluss.com.br

  Acesse o link: http://palestranterovani.blogspot.com/