Motorista Comprometido

Motorista Comprometido
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

Notícias

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Campanha orienta motoristas sobre cuidados nos cruzamentos de linhas férreas

Em 2010, a média de acidentes nas ferrovias foi de 16,1 a cada um milhão de quilômetros percorridos, aponta Pesquisa CNT de Ferrovias.

Milhares de brasileiros se preparam para viajar neste fim de ano. Aos motoristas que utilizam as estradas do país, a dica é não se preocupar apenas com a manutenção dos veículos e o cuidado na direção. Para ter mais segurança, eles também devem ficar atentos aos cruzamentos de linhas férreas.

Em casos de emergência, um trem de carga pode precisar de até um quilômetro para conseguir parar completamente. Por esse motivo, a Ferrovia Centro-Atlântica deu início a uma campanha que pretende orientar condutores de todos os tipos de veículos e pedestres para um comportamento seguro em relação às linhas de trem.

Até o réveillon, funcionários da empresa irão alertar motoristas do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Bahia e o Distrito Federal (locais por onde passa a malha da ferrovia) distribuindo materiais de esclarecimento.

Os panfletos indicam a necessidade de respeitar a sinalização; parar, olhar e escutar antes de atravessar; não passar entre vagões e, ainda, lembrar que o preferencial é sempre do trem. A Ferrovia Centro-Atlântica conta com 500 locomotivas e mais de 12 mil vagões, que cruzam 316 municípios do país.

De acordo com a Pesquisa CNT de Ferrovias 2011, o número de acidentes nas ferrovias caiu 78,7% de 1997 a 2010, mas os casos ainda preocupam o setor. No ano passado, o índice médio de acidentes a cada um milhão de quilômetros percorridos foi de 16,1, enquanto o índice internacional aceito é entre oito e 13 acidentes.
Publicado em 22/12/2011 por Aerton Guimarães - Agência CNT de Notícias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário