Motorista Comprometido

Motorista Comprometido
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

Notícias

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Motorista suspeito de causar acidente é preso em flagrante, em Goiás

Colisão aconteceu na BR-153, em Estrela do Norte, e matou 15 pessoas.

O motorista de ônibus suspeito de causar o acidente que resultou na morte de 15 pessoas e deixou cerca de 26 feridas, em Estrela do Norte, está preso na delegacia da cidade. De acordo com o delegado André Medeiros, responsável pelo caso, ele foi detido na tarde deste domingo (19), ao receber alta no Hospital Municipal de Uruaçu.

Correção: ao ser publicada, esta reportagem errou ao noticiar que o ônibus da linha Codó-MA/São Cotardo-MG poderia ser clandestino, com base em suspeitas do delegado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a empresa tinha autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres para a viagem. O erro foi corrigido às 18h59.)

Francisco Ferreira Ribeiro, 27 anos, foi autuado por homicídio doloso. "Segundo os passageiros, ele estava em alta velocidade e fazia ultrapassagens perigosas mesmo sob forte chuva", diz o delegado.

Em entrevista ao G1 por telefone, o motorista nega que estivesse em alta velocidade. Ribeiro conta que, na hora do acidente, dirigia a 70 km/h e alega ter perdido a direção. "Não tenho nem como explicar. Eu pisei no freio e o ônibus saiu da pista", diz.

Demonstrando tristeza, ele lamenta: "Se eu pudesse voltar atrás, não faria a viagem". Ribeiro diz trabalhar com transporte de passageiros há cerca de um ano e essa seria a terceira vez que fazia o trajeto de Codó-MA a São Cotardo-MG. De acordo com o delegado, o segundo motorista do ônibus dormia no momento do acidente e está entre as vítimas.

Segundo o delegado, o ônibus estava sem a folha do tacógrafo (responsável por registrar a velocidade) e os bancos não tinham cinco de segurança. Medeiros também estranhou o fato do preço da passagem estar bem abaixo do que é cobrado pelas outras linhas. "Os passageiros pagaram R$ 170, enquanto as demais empresas cobram em torno de RS 300", explica.

Ultrapassagem
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um ônibus de turismo que seguia do Maranhão para São Gotardo (MG) fez ultrapassagem em local indevido e se chocou com um ônibus que saiu de Brasília para Minaçu. Para não bater nos ônibus, o Gol que vinha atrás de um dos veículos desviou e caiu no barranco, mas nenhum ocupante do carro de passeio ficou ferido.

Os dois ônibus transportavam, juntos, 82 passageiros. Segundo a PRF, 14 morreram no local e um na madrugada deste domingo, no Hospital Municipal de Porangatu. Os corpos que estão no Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

Ainda não há um número exato de feridos. A PRF estima que 26 pessoas se machucaram, mas a quantidade pode ser maior. "As vítimas foram encaminhadas para vários lugares diferentes, por ambulâncias das cidades, o que dificulta darmos um número preciso", explica o assessor de comunicação da PRF, inspetor Newton Morais.
G-1 /GO
Fonte: Redação
Publicado em 20/02/2012 no site http://www.ocorreionews.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário