Motorista Comprometido

Motorista Comprometido
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

Notícias

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

GREVE DE ÔNIBUS EM LONDRINA: Motoristas querem 9,5% de aumento



greve Londrina
Motoristas e cobradores de ônibus em Londrina, no Paraná, cruzam os braços. A categoria pede 9,5% de aumento. Cerca de 120 mil pessoas estão sendo prejudicadas.
Greve de ônibus em Londrina: motoristas e cobradores param por tempo indeterminado
Cerca de 1,2 mil profissionais cruzaram os braços. Eles pedem 9,5% de aumento
ADAMO BAZANI – CBN
Aproximadamente 120 mil passageiros estão sendo prejudicados com a greve dos motoristas e cobradores de ônibus em Londrina, no Paraná, que teve início na manhã desta sexta-feira, dia 22 de fevereiro de 2013.
Em assembleia, a categoria decidiu paralisar as atividades a partir das 8 horas, mas antes disso, segundo relatos dos próprios motoristas, alguns ônibus já estavam sendo impedidos de circular por membros do Sinttrol – Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Londrina.
Por causa de greve de ônibus, o trânsito começou a ficar complicado nas principais vias da cidade, porque muita gente que usa transporte coletivo teve de se descolar com o carro próprio, e a procura por táxis aumentou.
A categoria pede 9,5% de aumento nos salários. A última proposta foi feita pela Grande Londrina e Londrisul e contemplava 6% de aumento.
Os motoristas e cobradores também querem reajuste no valor do tícket alimentação e melhores condições de trabalho.
O que motivou também a paralisação, segundo alguns trabalhadores, é que no próximo domingo, dia 24 de fevereiro, a passagem de ônibus em Londrina passa de R$ 2,20 para R$ 2,45 e, mesmo com o aumento da tarifa, as empresas se negaram a reajustar os salários conforme a categoria pediu.
Publicado em 22/02/2013 por Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes. Blogpontodeonibus

Nenhum comentário:

Postar um comentário