Motorista Comprometido

Motorista Comprometido
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

Notícias

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Direção Dinâmica Volvo evita lesões de trabalho


Volvo Trucks
Um número significativo de motoristas de caminhões da Europa tem problemas de dores nas costas, pescoço e ombros, de acordo com um estudo da Volvo Trucks. A nova Direção Dinâmica Volvo permite controlar um caminhão com um esforço mínimo e reduz o risco de lesões do motorista.
Henrik Gustafsson, 27 anos, é um desses motoristas que sentiam dores nas costas. Há cinco anos, num transporte de longa distância para a Noruega, apareceu-lhe um problema num músculo atrás do ombro esquerdo. Henrik deixou de fazer viagens longas por causa disso e começou a transportar madeira na floresta com o seu pai. Também começou a fazer musculação, mas o problema não desapareceu completamente. No entanto, há um ano e meio, teve a oportunidade de conduzir o novo Volvo FH, equipado com Direção Dinâmica Volvo, em testes no terreno. Desde aí, tem-se sentido muito melhor das costas.
“A diferença agora é que não tenho de estar sempre tenso e conduzir de uma forma resguardada. Com a Direção Dinâmica Volvo, o caminhão é muito estável”, diz Henrik Gustafsson.
Os problemas associados a lesões industriais são há muito reconhecidos. Num estudo da Volvo Trucks que envolveu 160 motoristas de caminhões da Europa, mais de metade tinha problemas de dores nas costas, ombros e pescoço. Nesse estudo, realizado em 2011 e 2012, a maioria dos participantes faziam viagens de longa distância.
A nova Direção Dinâmica Volvo reduz os movimentos do volante, de outra forma provocados pelas irregularidades da estrada. Para além de tornar a direção mais fácil e confortável para o motorista, também tem um impacto menor sobre os músculos e as articulações a longo prazo.
Conduzir a velocidades baixas em estradas normais com a Direção Dinâmica Volvo reduz o esforço necessário para virar o volante em aproximadamente 75%. Quando se conduz em estradas difíceis, reduz as vibrações quase na totalidade, entre 95 e 100%. Em conjunto com a caixa de velocidades I-Shift automática, isso significa que a pressão sobre o motorista é drasticamente reduzida, permitindo um trabalho de condução mais seguro e eficiente.
Fonte: Volvo
Publicado em 21/02/2014 por Rafael Brusque no Blog do Caminhoneiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário