Motorista Comprometido

Motorista Comprometido
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

Notícias

sábado, 22 de agosto de 2015

Motorista que ‘furou’ pedágio 984 vezes é detido

policia rodoviaria federal
Um caminhoneiro recordista em ‘furar’ pedágios na rodovia Régis Bittencourt (BR-116) foi detido na noite desta quarta-feira (19), em Registro, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo, durante uma operação. Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da concessionária responsável pela rodovia, o veículo já tinha mais de 980 evasões registradas ao longo deste ano.
O caminhão branco com placas de Blumenau, Santa Catarina, foi abordado por agentes da PRF por volta das 22h15, logo após passar sem pagar o pedágio que fica no km 370 da Régis, próximo ao município de Miracatu. Após consultar a placa do veículo no sistema, os policiais descobriram que o motorista já havia repetido a infração outras 984 vezes. A tarifa básica na rodovia custa R$ 2.
Durante a operação realizada na última quarta-feira, também foram abordados outros dois caminhões com grande número de evasões de pedágio. Ambos os veículos tinham placas do Estado de Santa Catarina e seguiam no sentido São Paulo. De acordo com dados da PRF, e da concessionária Auto Pista, somados os dois caminhões eram responsáveis por 849 ‘furadas’ de pedágio na rodovia.
R$ 18 mil atrasado
Por conta dos danos causados às cancelas e o não pagamento das taxas, a concessionária cobrou dos três motoristas cerca de R$ 18 mil em pedágios atrasados. Além disso, antes de seguirem viagem, os caminhoneiros também foram multados pela PRF e responderão judicialmente por infração grave de trânsito.
Fonte: TV Tribuna
Publicado em 21/08/2015 no Blog do Caminhoneiro.

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Motoristas profissionais terão que fazer reciclagem ao atingirem 14 pontos na CNH


Ao sancionar a lei 13.154/2015, o governo passa a exigir de motoristas profissionais habilitados nas categorias C, D ou E o curso preventivo de reciclagem quando a pontuação da CNH for igual ou superior a 14 pontos. De acordo com o governo, a nova medida visa educar e disciplinar os motoristas profissionais.
Abaixo o artigo 261 na íntegra:
“Art. 261.
§ 5º O condutor que exerce atividade remunerada em veículo, habilitado na categoria C, D ou E, será convocado pelo órgão executivo de trânsito estadual a participar de curso preventivo de reciclagem sempre que, no período de um ano, atingir quatorze pontos, conforme regulamentação do Contran.
§ 6º Concluído o curso de reciclagem previsto no § 5º, o condutor terá eliminados os pontos que lhe tiverem sido atribuídos, para fins de contagem subsequente.
§ 7º Após o término do curso de reciclagem, na forma do § 5º, o condutor não poderá ser novamente convocado antes de transcorrido o período de um ano.
§ 8º A pessoa jurídica concessionária ou permissionária de serviço público tem o direito de ser informada dos pontos atribuídos, na forma do art. 259, aos motoristas que integrem seu quadro funcional, exercendo atividade remunerada ao volante, na forma que dispuser o Contran.” (NR)
Com isso, o governo descumpriu o acordo firmado com os caminhoneiros depois das greves do início do ano, em Março e Abril. A nova legislação não inclui os motoristas habilitados nas categoria A e B, e visa ser mais rigorosa com os motoristas profissionais, devido ao tempo que passam ao volante.
O motorista que passar pelo curso terá a pontuação de sua CNH zerada, e não poderá fazer um novo curso no prazo de um ano.
Blog do Caminhoneiro
Publicado em 04/08/2015