Motorista Comprometido

Motorista Comprometido
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

Notícias

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Aniversário da HighPluss - Joinville - SC. - Brasil

Dia 26/11/2012 a HighPluss Exportação, Consultoria e Treinamentos completou o sexto aniversário de fundação com uma trajetória de muitos aprendizados e grandes conquistas. Cada ano que passa a HighPluss avança nos projetos diferenciados em atender de maneira VIP seu Cliente.

A HighPluss muito agradece a todos "Clientes, Fornecedores e Parceiros" por acreditarem na proposta e na execução de projetos focados no melhor para o Cliente. A empresa desenvolve suas atividades profissionais focada nas competências para a realização dos projetos, bem como nas habilidades  e atitudes necessárias em tornar o projeto do Cliente um sucesso. Seu diferencial é entender a realidade do Cliente, para que possa propor projetos inovadores focados em gerar resultados prósperos no ambiente onde atua. A base do sucesso da HighPluss está nos investimentos em educação profissional e pessoal dos colaboradores, para que tenha sustentabilidade e gere grandes benefícios ao seu Cliente.

A empresa atende os mercados do Brasil e América Latina, com ênfase em Palestras VIP para Motoristas, Consultoria Técnica e Exportação de peças no segmento de Transportes de Passageiros e Cargas. 

Prosperidade aos atuais e futuros "Clientes, Fornecedores e Parceiros" da HighPluss,

HighPluss - Soluções VIP nas Práticas Profissionais - Hands On
Joinville - SC. - Brasil
contato@highpluss.com.br






quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Feriado da Proclamação da República tem redução de 19% no número de óbitos nas estradas


O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, disse que a tendência de queda no número de acidentes nas estradas deve ser mais acentuada à medida que a população tomar consciência da necessidade de dirigir com cautela. Segundo ele, os 26% de redução de acidentes registrados no último feriado prolongado é resultado da ação de fiscalização e campanhas de conscientização.
Os dados da “Operação Proclamação da República 2012”, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), registrou 814 acidentes a menos nas rodovias federais, em comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 2.310 acidentes, com 1.367 feridos e 110 mortes. “Não é mais possível, a cada feriado, famílias serem atingidas pela dor da perda de um parente nas estradas. Precisamos mudar este quadro”, disse ele,
No mesmo período em 2011, a PRF registrou 3.124 acidentes, com 1.766 pessoas feridas e 135 óbitos. Os números mostram redução de 19% no número de mortes e de 23% de feridos. “Os números confirmam a redução de acidentes que vem ocorrendo desde o final do primeiro semestre de 2011. Mas ainda são elevados. A sociedade precisa se sensibilizar e mudar o comportamento no trânsito”, disse Aguinaldo Ribeiro.
O foco da operação da PRF neste feriado foi o combate à embriaguez. Todos os motoristas que apresentaram sinais de ingestão de álcool foram impedidos de seguir viagem ao volante.
Ações – Desde setembro deste ano, o Ministério das Cidades coordena uma Campanha Permanente para Redução de Acidentes, lançada pela presidenta Dilma Rousseff. O objetivo da campanha, conhecida como Pacto Nacional pela Redução de Acidentes – Parada pela Vida, é reduzir em 50% os acidentes de trânsito nas estradas do país e alertar os motoristas sobre a importância do respeito às regras do trânsito.
Em dezembro, o MCidades distribuirá um milhão de bafômetros aos Departamentos de Trânsito, para campanha educativa de combate à embriaguez ao volante. Também será lançada uma campanha de utilidade pública alusiva às festividades de Natal e Fim de Ano. Essas ações fazem parte do Parada.
Segundo o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, o Parada “é um compromisso com o Brasil e com todos os cidadãos brasileiros", para diminuir a violência no trânsito. A campanha faz parte do acordo com a Organização das Nações Unidas, que definiu os anos de 2010 a 2020, como a Década Mundial de Ação pela Segurança no Trânsito. A meta é reduzir em 50% as mortes em todo mundo.
Entre as ações do Pacto pela Vida, estão filmes e peças publicitárias, blitz educativas e ações promocionais em eventos, como a que ocorreu no 27º Salão do Automóvel de São Paulo. No estande do ministério foi instalado o protótipo de um simulador de direção, para teste dos motoristas.
Os interessados em conhecer o equipamento puderam, por exemplo, ver como ficam reduzidos os reflexos após beber e dirigir e ao falar ao celular. O simulador será obrigatório em todas as autoescolas do país, a partir do próximo ano, nas aulas de direção que antecedem as aulas práticas.
 Fonte: Assessoria de Comunicação Social - Ministério das Cidades
Publicado em 20/11/2012 no site http://www.cidades.gov.br/index.php/o-ministerio/noticias

sábado, 17 de novembro de 2012

Dirigir com Economia


Para diminuir os gastos com combustível, que em alguns casos representa 35% da despesa final, muitos motoristas procuram por um veículo mais econômico. O que poucos sabem, porém, é que é possível conseguir essa economia somente mudando a forma de dirigir. Algumas atitudes simples, como ter sensibilidade e acreditar no torque do motor e no aproveitamento das marchas, utilizar o freio motor e não deixar o veículo na “banguela” nos declives, podem fazer a diferença. Além disso, não abrir mão dos cuidados normais de manutenção, como regulagem da bomba injetora, limpeza dos bicos e pressão dos pneus, podem ajudar nessa economia.
A Iveco, que possui uma gama de produtos e tecnologias que oferecem soluções completas na economia de combustível, traz aqui algumas dicas do supervisor de Assistência Técnica da Iveco, Carlos Augusto de Souza, que podem contribuir para a redução dos custos com combustível.
- Principais dicas para economizar combustível durante as viagens de caminhão
O controle visual do conta-giros do caminhão é uma forma extremamente eficiente de economia de combustível. Observando sempre o meio da faixa verde do ponteiro e com uma folga de pedal do acelerador, o motorista utilizará a faixa de torque do veículo. Nessas rotações a pressão de turbina diminui e a eficiência do motor aumenta reduzindo seu consumo. Outra alternativa, que complementa a primeira, é que uma boa parte dos caminhões Stralis tem medidor de pressão de turbo. Com este equipamento, administramos melhor o curso do acelerador já que ao pressionar o mesmo, instantaneamente a pressão do turbo varia o seu valor. Com este indicador é possível utilizar o mínimo de pressão e garantir um bom desempenho.
- Veículos sobrecarregados ou com carga mal distribuída consomem mais combustível
O sobrepeso compromete todos os componentes da suspensão, além de consumir mais combustível e diminuir a vida útil da embreagem. As cargas mal distribuídas lateralmente mudam o equilíbrio do veiculo e causam desgaste localizado; e as cargas mal distribuídas verticalmente comprometem a estabilidade direcional do veiculo, alterando seu centro de gravidade.
- Além dos riscos já conhecidos na prática da “banguela” (usar o ponto motor quando o veículo adquire velocidade), existem outros danos para o caminhão e tem reflexo no consumo de combustível
A banguela é uma prática antiga e já em fase de extinção, pois os motoristas foram lendo, recebendo informações e perceberam que utilizar o veículo engrenado além de ser mais seguro, é mais econômico que a banguela. Com o veículo engrenado e sem o acelerador pressionado, os motores entram em estado de corte (combustível zero), ou seja, o motor passa a segurar a carga e a carga empurra o veiculo. Dessa forma, é muito mais fácil manter o controle do veiculo e conseguir uma boa economia.
- Ar-condicionado consome mais combustível quando as janelas estão abertas
O ar condicionado de um caminhão é similar a uma geladeira doméstica. Quanto mais tempo a porta permanecer aberta, mais tempo o sistema deverá trabalhar para manter a temperatura pré-estabelecida. Dessa forma, o ar condicionado quando utilizado com janelas abertas nunca se desliga, e isso ocasiona um consumo adicional de combustível.
Fonte: Blog Iveco
Publicado em 24/10/2012 por Rafael Brusque Toporowicz no site http://blogdocaminhoneiro.com/dirigir-com-economia/

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Entidades do setor de transportes criticam Resolução do Contran


Em reunião no MPT, líderes da CNT, CNTTT, Presidência da República e da Frente Parlamentar do Trânsito Seguro destacam efeitos nocivos


Brasília – Entidades representativas do setor de transporte de carga reunidas nesta terça-feira (13) com procuradores do Trabalho em Brasília concordam que a Resolução 417 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) é prejudicial ao segmento. A resolução adia o início da fiscalização da Lei do Motorista (12.619/12) quanto às regras de trânsito para março de 2013. O MPT defende a aplicação imediata da lei, que regulamenta a profissão de motorista de carga e passageiro, e já entrou com mandado de segurança contra a resolução.

Participaram do encontro com o procurador-geral do Trabalho, Luís Camargo, e o procurador do Trabalho, Paulo Douglas Almeida de Moraes, os representantes da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), Flávio Benati, da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Terrestres (CNTTT), Omar José Gomes, o deputado federal e presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro, Hugo Leal, o assessor especial da Secretaria-Geral da Presidência da República, José Lopez Feijóo.

Todos são unânimes na constatação de que a Resolução 417 do Contran vem trazendo sérios efeitos nocivos para o setor, tanto para os empresários como para os trabalhadores. Para a CNT, esta norma vem impondo às empresas o acúmulo de passivos trabalhistas, o que no médio prazo poderá comprometer a sobrevivência de muitas delas.

Mas o mais grave é a situação dos trabalhadores, que sem os efeitos da lei, praticamente mantêm excessivas jornadas de trabalho, cujo efeito mais trágico é a média de 24 motoristas mortos por dia. Isso sem falar na legião de motoristas que continua recorrendo ao uso de drogas para se manter acordado no volante durante muitas horas.

Na abertura do encontro, o procurador-geral do Trabalho, Luís Camargo, destacou o empenho em fazer cumprir a Lei do Motorista. Há um conjunto de ações judiciais e extrajudiciais que o MPT está empreendendo. “Esperamos para breve um pronunciamento do Poder Judiciário sobre a nulidade da resolução 417”, afirmou, referindo-se ao mandado de segurança.

Já o procurador do trabalho Paulo Douglas Almeida de Moraes ressaltou que a atuação do MPT não prescinde da atuação dos empresários, dos trabalhadores e do Poder Legislativo. As questões trabalhistas previstas na lei não são abrangidas pela resolução do Contran e o MPT continua fiscalizando o cumprimento das regras de limite de jornada e descanso.

Diálogo – O deputado federal Hugo Leal frisou a importância do tema e o papel imparcial e apartidário do Ministério Público do Trabalho. “É um assunto de extrema importância e o MPT atua para o cumprimento da ordem jurídica pela via do diálogo, e não pela força.” Já o assessor especial da Secretaria-Geral da Presidência da República, José Lopez Feijóo, informou que a posição do governo federal é pelo cumprimento da lei e se comprometeu em manter e ampliar o diálogo entre as instituições presente na reunião e o governo. Nas próximas semanas devem ocorrer novas ações para resolver o impasse da aplicação da Lei do Motorista.

Informações: Procuradoria-Geral do Trabalho - Assessoria de Comunicação
Publicado em 13/11/2012 no site: http://portal.mpt.gov.br/wps/portal/portal_do_mpt/comunicacao/noticias

Para evitar acidentes, saiba como utilizar cadeirinhas de proteção


Ausência do equipamento prevê multa gravíssima, perda de sete pontos na CNH e retenção do veículo.

Arte: Cláudia KichPara evitar acidentes, saiba como utilizar cadeirinhas de proteção
A partir desta quinta-feira (15), o feriado de Proclamação da República deve levar milhares de veículos às estradas no país. No trecho da BR-116, entre Curitiba (PR) e a divisa com os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, por exemplo, a expectativa é de aumento na frota em 20%, equivalente a 90 mil carros no total.

Para evitar acidentes e promover a segurança de bebês e crianças, o uso correto das cadeirinhas de segurança, obrigatório desde setembro de 2012, deve ser observado. Atualmente,  os modelos de cadeirinha, assento de elevação ou bebê-conforto – importados ou nacionais - devem ser regulamentados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

De acordo com as exigências do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), os recém-nascidos com até um ano de idade devem ser transportados no bebê-conforto. Entre um e quatro anos, as crianças devem ser levadas em cadeirinhas. Entre quatro e sete anos e meio, o correto é utilizar o assento elevatório, mais conhecido como booster.

A ausência do equipamento em veículos que transportam crianças prevê multa gravíssima no valor de R$ 191,54, perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e retenção do veículo até que o assento seja colocado.

Fique atento às principais regras:

banner_Cadeirinha_OK.jpg

 Publicado em 13/11/2012 por Rosalvo Streit - Agência CNT de Notícias - site: http://www.cnt.org.br/Paginas/Agencia_Noticia.aspx?n=8628

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

MPT sediará reunião sobre Lei do Motorista


Objetivo é buscar entendimento para o cumprimento da norma que regulamenta profissão


Brasília – O Ministério Público do Trabalho (MPT) vai sediar reunião entre governo federal e representantes nacionais de trabalhadores e empresas do setor de transportes na próxima terça-feira (13), em Brasília, para discutir o cumprimento da Lei do Motorista (Lei 12.619/12). O objetivo é encontrar uma solução uniforme que restabeleça a segurança jurídica e consolide a aplicação da norma.

A lei regulamenta a profissão de motorista profissional de transporte de carga e passageiros e vem sofrendo resistência de parte do setor de transportes, que conseguiu suspender a aplicação de multas de trânsito por descumprimento da norma até março do ano que vem, por meio de resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). O MPT quer a aplicação imediata da lei nas estradas e mantém as investigações com relação ao cumprimento das normas trabalhistas.

A agenda foi definida nesta quarta-feira (7) em reunião do procurador-geral do Trabalho, Luís Camargo, e o presidente da Frente Parlamentar do Transporte Seguro no Congresso, deputado federal Hugo Leal (PSC-RJ), em que também participaram o vice-procurador-geral do Trabalho, Eduardo Antunes Parmeggiani, e o procurador do Trabalho Paulo Douglas Almeida de Moraes.

Fonte: Procuradoria-Geral do Trabalho, Assessoria de Comunicação.Publicado em 07/11/2012 no site http://portal.mpt.gov.br/wps/portal/portal_do_mpt

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Caminhoneiros reclamam da falta de segurança nas viagens


A Polícia Rodoviária Federal orienta os motoristas, mas ainda aguarda resolução do Contran, o Conselho Nacional de Trânsito para aplicar as multas a quem infringir a Lei do descanso nas estradas federais. Os caminhoneiros são favoráveis à lei, mas reclamam da falta de estrutura dos pontos de apoio.
Vida de caminhoneiro não é fácil e, segundo eles, fica mais difícil nos feriados. O caminhoneiro Marco Antônio de Sales, trabalha há oito anos nas estradas. Sai de Anápolis, em Goiás, com cargas de papel higiênico para abastecer os Estados do Maranhão, Piauí e Rio Grande do Norte. Ele diz que o feriado atrapalha na hora de descarregar a mercadoria. “A semana passa a ter menos um dia, pra gente atrapalha muito” afirmou.
Outro problema é a falta de segurança que eles encontram nas viagens. A maioria dos pontos de apoio não fornece condições necessárias para que os motoristas possam descansar. Muitas vezes, é a cabine do caminhão o local de descanso que encontram.
Por lei, a jornada desses motoristas deve ser de oito horas, com um descanso de 30 minutos a cada quatro horas. Também deve haver um intervalo de 11 horas entre uma jornada e outra. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, só haverá aplicação de multa quando o Contran aprovar a resolução.
Fonte: Bom Dia Mirante

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

ANPET 2012 em Joinville - SC.

De 28/10 a 01/11 - participei na condição de ouvinte no evento da ANPET 2012 em Joinville.

Parabenizo a ANPET e a UFSC pelo sucesso do evento XXVI Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes.

Evento gerou ótimos aprendizados em busca do melhor transporte, mobilidade, acessibilidade e logistica urbana. 

Excelentes trabalhos foram apresentados. Cases de sucesso internacionais e nacionais. 

Hoje visitei a empresa ArcelorMittal em São Francisco do Sul. Excelente organização!

Abraço e sucesso em especial ao Prof. Acires.

Palestrante José Rovaní